Grupo Creluz adere a programa de apoio a segurança pública

Geral

Seguindo seu pioneirismo também na atuação social, o Grupo Creluz foi a primeira empresa da região a aderir na última semana, ao Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública (Piseg). O encontro decisivo para sacramentar a parceria aconteceu na tarde da última quinta-feira 3 de setembro em Rodeio Bonito.

Na ocasião, estiveram presentes o presidente do Grupo Creluz, Elemar Battisti acompanhado do contador da Cooperativa Enio Remontti, o comandante do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) major Carlos Alberto Aguiar Jr, o capitão Douglas Evandro Knorst, a delegada da Polícia Civil, Aline Dequi Palma, e o promotor da comarca de Rodeio Bonito, Valmor Junior Cella Piazza.

O Piseg tem por objetivo possibilitar às empresas contribuintes de ICMS, estabelecidas no Estado do Rio Grande do Sul, a compensação de valores destinados ao aparelhamento da segurança pública estadual, na forma desta Lei Complementar, com valores correspondentes ao ICMS a recolher, verificado no mesmo período de apuração dos repasses.

Através da parceria, inicialmente as forças de segurança da região serão beneficiadas com a aquisição de duas viaturas novas com tração 4x4, ampliando as condições de trabalho para os agentes das duas corporações; Brigada Militar e Polícia Civil. Todo o diálogo para a adesão da Creluz ao programa, foi conduzido pelo promotor da comarca de Rodeio Bonito, Valmor Junior Cella Piazza, sendo prontamente atendido pela direção da Cooperativa na pessoa do presidente Elemar Battisti.

Battisti destaca que este auxílio tem como beneficiados finais as famílias cooperadas da Creluz que vivem nesta região e contarão com um maior aparato na área da segurança pública. O presidente lembra ainda, que por iniciativa própria a Creluz também desenvolve um importante programa que contribui muito para a segurança e o bem-estar social em sua área de atuação; que é o Pro-lumi, melhorando significativamente a qualidade da iluminação pública em cidades, vilarejos e trevos, através da parceria com os municípios.



Edevaldo Stacke/Ascom Creluz


Compartilhe