Creluz e Cerfox fortalecem parceria através da intercooperação

04/24/2024

09:43:55 AM

Geral

Encontro técnico destaca troca de experiências em recursos humanos e logística



No último dia 19 de abril, a matriz da Creluz, em Pinhal, recebeu uma visita técnica da cooperativa coirmã Cerfox, sediada em Fontoura Xavier, RS. O encontro, marcado pela presença de quatro colaboradores da Cerfox - Adriano Pavi, Eveline Saldanha, Marcelo Finatto e Lucimara Fragata - teve como objetivo principal a troca de experiências e conhecimentos, focando especialmente em gestão de recursos humanos e no fluxo de almoxarifado.

A anfitriã Creluz recebeu calorosamente os visitantes, proporcionando uma imersão nos departamentos de Recursos Humanos e Área Técnica. Em uma apresentação detalhada, foram demonstrados os processos de gestão de pessoas, incluindo avaliação de habilidades e desempenho, bem como o controle preciso de horas trabalhadas e horas extras. Durante o diálogo, dúvidas foram esclarecidas, enriquecendo ainda mais o intercâmbio de conhecimentos.

Após essa imersão no âmbito de gestão de pessoal, os convidados foram conduzidos ao almoxarifado central da Creluz, onde puderam vivenciar de perto a metodologia utilizada pela cooperativa na gestão e fluxo eficientes do almoxarifado central, centros de logística e distribuição além das tecnologias aplicadas nesta área da cooperativa.

Durante a visita, os técnicos da Cerfox também aproveitaram para solicitar informações sobre a certificação ISO 45.001 (Sistema de Gestão da Saúde e Segurança Ocupacional), sendo a Creluz a única cooperativa do Rio Grande do Sul e uma das poucas distribuidoras de energia elétrica do Brasil detentora da certificação. A Cerfox, por sua vez, demonstrou interesse em buscar essa certificação, evidenciando o espírito colaborativo entre as cooperativas.


A direção da Creluz, através do presidente Elemar Battisti, destaca que a Creluz está sempre aberta para a troca de informações e experiências, reforça a importância desses encontros para fortalecer laços e promover a intercooperação, um dos princípios fundamentais do cooperativismo.